.

espiritocemiterio

.

O Espírito do Banco de Trás

A Sra. Mabel Chinnery foi visitar o túmulo de sua mãe num dia de 1959, levando com ela sua câmera para tirar fotos do túmulo. Depois de tirar algumas fotos da lápide de sua mãe, ela tirou uma foto de seu marido, que estava esperando sozinho no carro. Pelo menos era isto que os Chinnerys pensavam.

Quando o filme foi revelado, o casal ficou mais do que surpreso ao ver uma figura de óculos sentado no banco de trás do carro. A Sra. Chinnery reconheceu imediatamente a imagem de sua mãe – a mulher cujo túmulo tinham visitado nesse dia.

Um perito fotográfico que examinou a foto determinou que a imagem da mulher não era nem um reflexo, nem uma dupla exposição. “Eu jogo a minha reputação no fato de que a imagem é verdadeira”, ele testemunhou.

.

espiritonocarro

.

O Fantasma do Cemitério Boothill

“Esta é a foto que mudou a minha opinião a respeito de fotos de fantasmas,” diz Terry Ike Clanton. Clanton é ator, um artista e poeta cowboy, e é também um primo do lendário Gang Clanton.

Clanton tirou essa foto de seu amigo no Cemitério Boothill. A foto foi tirada em preto e branco porque ele queria fotos de si próprio com um estilo Velho Oeste, vestido em roupas do período de 1880. Clanton então levou o filme para ser revelado numa loja local, e quando foi buscar ficou assustado com o que viu…

Entre os túmulos, logo à direita de seu amigo está a imagem do que parece ser um homem magro com um chapéu escuro. Pela altura, o homem parece estar sem pernas, ajoelhando-se ou se levantando do chão.

“Eu sei que não havia outra pessoa quando tirei a fotografia” insiste Clanton. E ele acredita que a  pequena figura em segundo plano está segurando uma faca.

“Primeiro nós pensamos que era uma gravata, mas após uma revisão, parece mais uma faca”, diz Clanton.”A faca está na posição vertical, a ponta está localizada logo abaixo do colarinho direito da figura. Se você não está convencido de que há algo estranho aqui, olhe para a sombra do meu amigo na foto. Parece estar indo para trás, ligeiramente para o lado direito dele. A figura na parte de trás deveria ter a mesma sombra, mas não tem!” 

.

espiritonocampo

.

brunooyellowMeus queridos amigos e irmãos, as aparições que acometem os cemitérios, antes de causar pavor ou terror, deveriam ser vistas como autênticas manifestações da imortalidade da alma logo no seu dealbar para a vida maior, involuntariamente, outras vezes de forma voluntária até, deixando-se perceber ou notar-se, numa ânsia naturalíssima por manifestar a sua sobrevivência post-mortem.

Aparições! As sombras dos que jamais morreram! 

Que Jesus abençoe aos espíritos que ainda não encontraram a luz!

Bruno Tavares

.

.

A Mensagem de Hoje no Blog

.

.

febsem

.

.

jjblog

Jesus, Fiador deste Blog

.

Francisco e Clarinha de Assis

Patronos deste Blog

fcc

.

.brunovg

carinhachn