.

MJDM

.

A mãe de Chico Xavier, Maria João de Deus, no livro “Cartas de uma Morta”, descreve Marte. Eis aqui o relato:

“. . . a humanidade de Marte evoluiu mais rapidamente que a da Terra e que desde os pródromos da formação dos seus núcleos sociais, nunca precisou destruir para viver, longe das concepções dos homens terrenos cuja vida não prossegue sem a morte e cujos estômagos estão sempre cheios de vísceras e de vitualhas de outros seres da criação. O dia ali é igual ao da Terra, pois conta 24 horas e quase 40 minutos, mas os anos constam de 668 dias, tornando as estações mais demoradas, sem transformações bruscas de ordem climática que tanto prejudicam a saúde humana. Os marcianos já descobriram grande parte dos segredos das forças ocultas da natureza. Conhecem os profundos enigmas da eletricidade, sabendo utilizá-la com maestria. Nas questões astronômicas são eminentemente mais adiantados do que seus companheiros da Terra, compreendendo todos os fenômenos e a maior parte dos mistérios da natureza do vosso planeta. Vi lá formidáveis aparelhos fotoelétricos que registram, com precisão matemática, a quase totalidade das expressões fenomênicas dos mundos que estão mais próximos desse orbe maravilhoso. Em vez do satélite, que ilumina as vossas noites, observei que Marte é servido por dois. Duas luas que parecem gravitar uma em torno da outra, porém menores, muito menores que a vossa. A atmosfera é parecida com a da Terra, mas o ar, na sua composição, afigurava-se muitíssimo mais leve. A densidade de Marte é sobremaneira mais leve, tornando-se a atmosfera muito rarefeita. Vi homens mais ou menos semelhantes aos nossos irmãos terrícolas, mas os seus organismos possuíam diferenças apreciáveis. Além dos braços tinham ao longo das espáduas(ombros) ligeiras protuberâncias à guisa(maneira) de asas que lhes prodigalizavam(esbanjavam) interessantes faculdades volitivas (esvoaçar). Percebi que a vida da humanidade marciana é mais aérea. Poderosas máquinas, muitíssimo curiosas na sua estrutura, cruzavam os ares, em todas as direções. Vi oceanos, apesar da água se me afigurar menos densa e esses mares muito pouco profundos. Há ali um sistema de canalizações, mas não por obras de engenharia dos seus habitantes, e sim por uma determinação natural da topografia do planeta que põe em comunicação contínua todos os mares. . .”

OBSERVAÇÃO: Houve um tempo em que Pedro Álvares Cabral quis se aventurar em viagem na busca de novas terras e Portugal foi contra, pois não acreditavam que existia vida além do oceano. Pois bem, podemos lembrar aqui as palavras de Emmanuel que está no livro “NOSSO LAR” : “O inabitual, entretanto, causa surpresa em todos os tempos. Quem não sorriria, na Terra, anos atrás, quando se lhe falasse da aviação, da eletricidade e da radiofonia?” Assim é o assunto “Vida em Marte”, “Vida após a morte”, “Cidade espiritual”, etc.

.

Marte

.

brunooyellowMeus queridos amigos e irmãos, agora é fato, a NASA informou à comunidade científica da Terra e aos habitantes da nossa casa planetária, em verdade o que todos nós espíritas já sabíamos, de que em Marte existe água, a princípio água salgada. Isto nos remete de chofre à portentosa, inigualável e, agora profética obra, de D. Maria João de Deus, a mãe do nosso querido Chico Xavier: Cartas de Uma Morta, na qual ela descreve não apenas as condições de vida em Marte, mas, assim bem como em Júpiter e Saturno também. Isto posto, quem achava devaneios espíritas, quede o queixo e abra desmensuradamente a boca, estarrecido, porque a mediunidade do Chico Xavier é absolutamente uma mediunidade vertical, ou seja, enseja nela verdadeiras revelações. 

Que Jesus abençoe a Terceira REVELAÇÃO de Deus na Terra!

Bruno Tavares

.

.

A Mensagem de Hoje no Blog

.

.

SIMP

.

.

jjblog

Jesus, Fiador deste Blog

.

Francisco e Clarinha de Assis

Patronos deste Blog

fcc

.

.brunovg

carinhachn