.

diblogcor

.

INDIVIDUALISMO

As propostas mirabolantes de Karl Marx a respeito do comunismo, após um largo período de aplicadas, culminaram na eleição de uma classe privilegiada, que manteve o proletariado a braços com os desafios existenciais e a miséria socieconômica. A Rússia tornou-se uma nação poderosa em armamentos bélicos inteligentes de largo alcance, na qual milionários excêntricos dominam as classes menos favorecidas, cooperando com os dissidentes da Ucrânia, que anelam pela liberdade.

Por outro lado, o capitalismo, perverso e ateu, dividiu a sociedade em grupos, nos quais, os poderosos permanecem no comando das massas, que se encontram nas vascas da agonia, padecendo as injunções da pobreza. Armas de alto poder destrutivo, para manter o equilíbrio com a Rússia e outros possíveis adversários, são usadas em nome da justiça e da solidariedade humana nos infelizes países do oriente nas suas guerras intermináveis.

.

ESPRP

.

E o ser humano estorcega na dor e no abandono, enquanto os individualistas, consumistas e vencidos pelo erotismo exibem as suas façanhas e desfrutam do prazer que lentamente também os consome. Numa visão mais ampla, atenderam ao apelo de Marx com a “democracia dos trabalhadores”, e o vício da corrupção devora as carnes da sua alma, mantendo a degradação e o suborno, enquanto distribuem migalhas com os necessitados que os mantêm no poder.

Todos, porém, podemos contribuir em favor de uma sociedade mais justa e equânime, porque dispomos do voto, que é o instrumento para selecionar os oportunistas, não lhes concedendo o apoio que necessitam. Nestes dias que precedem as eleições, apresentam fórmulas mágicas para solucionar todos e quaisquer problemas com programas surrealistas e imaginários, para logo, após alcançarem as suas metas, esquecerem-se do povo, até a nova oportunidade eleitoral.

Que saibamos utilizar desse direito e selecionemos as mulheres e os homens de bem, com dignidade e sem interesses imediatos.

Divaldo Pereira Franco

.

Artigos de Divaldo Franco publicado no jornal A Tarde, coluna Opinião 

____________
Divaldo Franco escreve na quinta-feira, quinzenalmente.

Achou interessante? Passe um e-mail ou ligue para os nºs abaixo e comente, isso é muito importante para a permanência da coluna no referido jornal.
Central Telefônica: (71) 3340 – 8500 – Redação: (71) 3340 – 8800
Email – opiniao@grupoatarde.com.br 

.

opiniao

.

.

brunooyellowMeus queridos amigos e irmãos, às vésperas de mais uma eleição no Brasil, eis aqui uma análise imparcial e muito lúcida do querido tribuno espírita Divaldo Franco sobre esses anos de amargor que estamos a viver. Divaldo faz um vôo rasante pela história política ao analisar as feridas do comunismo e do capitalismo, chegando ao desfecho com uma reflexão cortante sobre esse câncer que corrói as possibilidades de crescimento da nossa nação: A Corrupção. Leiamos e meditemos nessa peça que é um monumento de lógica e concisão, do querido Semeador de Estrelas.

Que Jesus abençoe ao Divaldo, por ter se pronunciado numa temática que exige coragem e equilíbrio do homem espírita!

Bruno Tavares

chverde1

.

ESPPOL

.

.

A MENSAGEM DE HOJE NO BLOG

.

.

.

 QUADRO DO PINTOR PERNAMBUCANO

ANTÔNIO CARLOS CASTANHA TAUA GOMES

abrunofclarablogbrilho

.

Francisco e Clarinha de Assis

Patronos deste Blog

.

fcc

.

.

.brunovg

carinhachn

.

.

cqchcc