.

Saí de todos. Eu sempre evitei entrar em grupos, mas eu participava de alguns poucos. Só que é aquela coisa… Eram aglomerados de pessoas, unidas por se conhecerem e não necessariamente por compartilharem interesses. E com o tempo eu fui percebendo que essa falta de temática levava as conversas a serem dominadas por: futilidades e fotos.

Fotos eu já vejo nas redes sociais. Eu tenho facebook, tumblr e instagram. Todos já cumprem bem seus papéis. Geralmente o que eu via nos grupos, já tinha visto em algum desses outros.

.

whatvi

.

O humor da maioria das piadas que surgem em grupos de whatsapp não é muito pra mim. Infelizmente o humor de massa ainda é dominado por machismos, racismos, escatologia… E são todas coisas que não me fazem rir. Eu rio de muitas piadas na internet, mas infelizmente não são as que chegavam por mim nos grupos.

E, por fim, a gota d’água, foi quando começaram as discussões políticas rasas E cheias de ódio. Eu gosto de discutir política, mas vamos combinar que não dá para fazer isso pelo whatsapp. É pouco espaço, muita gente, difícil de digitar. Não dá. Aí quando a discussão parte para o ódio e o desrespeito… Realmente ficou meio demais para mim.

.

volver

.

Eu gosto muito do aplicativo para enviar mensagens para os outros, apenas os grupos que eu acho que, absolutamente, não são pra mim e não valem a pena.

Pra combinar coisas e dar avisos, acho ótimo o whatsapp e muito prático.

Ma saí de todos os grupos de uma vez. Não entrarei mais em nenhum. Estou bastante aliviada. Nem imaginei que ia fazer tanta diferença, tanto em consumo de tempo quanto de energia. Mas foi uma ótima escolha.

.

Fernanda Lins faz parte do site Minimalizo.

.

malditos

* AS IMAGENS SÃO ESCOLHA E RESPONSABILIDADE 
DE BRUNO TAVARES

.

brunooyellow Meus queridos amigos e irmãos, eis aqui um desabafo desta articulista, acompanhado por uma atitude que cala fundo n’alma, saindo de todos esses grupos fúteis, extremamente emburrecedores, com sua psicosfera de grande vazio existencial, de nivelamento por baixo, prendendo numa gaiola até mesmo as almas mais elevadas, igualando-as a esse mare-magno da mediocridade reinante nesses grupelhos. Assino embaixo e concordo em gênero, número e grau com a articulista, deixando claro as raras exceções que devam existir.

 Que Jesus abençoe o culto do bom, do belo, do nobre, tão diferente deve ser do culto do ócio e do abastardamento do ser!

Bruno Tavares

.

A MENSAGEM DE HOJE DE BRUNO

.

.

.

whatcanga

 .
.

 chverdec1

.

QUADRO DO PINTOR PERNAMBUCANO

ANTÔNIO CARLOS CASTANHA TAUA GOMES

abrunofclarablogbrilho

.

Francisco e Clarinha de Assis

Patronos deste Blog

.

fcc

.

.

.brunovg

carinhachn

.

.

cqchcc