.

hpac

.

SESSÕES DE DOUTRINAÇÃO SEGUNDO HERCULANO PIRES, O METRO QUE MELHOR MEDIU KARDEC

Precedidas sempre de uma prece, realizam-se à meia luz, para facilitar a concentração mental dos participantes. Essas características levam os adversários do Espiritismo a classificá-las como reuniões de misticismo inferior. Na verdade são as mais úteis e necessárias, controladas por Espíritos caridosos que promovem a comunicação de entidades sofredoras e perturbadoras. 

Sua finalidade é esclarecer essas entidades e libertar as sua vítimas das perturbações que lhes causam. Não se evocam espíritos. As comunicações ficam a cargo do mundo espiritual. Há dois tipos fundamentais: o das sessões livres ou abertas, em que muitos espíritos se comunicam ao mesmo tempo e são doutrinados por vários doutrinadores. 

.

Herculano Pires.

.

O ambiente parece tumultuado e pessoas sistemáticas condenam esse sistema. É o mais eficiente, produtivo, o mais conveniente numa fase de transição como a nossa, em que os problemas de obsessão se multiplicam. São consideradas de pronto socorro espiritual, em que dezenas de doentes são socorridos ao mesmo tempo. 

O dirigente controla a ação dos médiuns e os Espíritos agem de duas maneiras, controlando o acesso dos espíritos necessitados e ajudando muitas vezes na doutrinação dos casos mais difíceis. Há barulho, muita gente falando ao mesmo tempo, mas não há desordem. 

.

dothumildade1

.

Os espíritos mais rebeldes são controlados pelos médiuns devidamente instruídos pela assistência espiritual. Não se submetem os médiuns a discursos complicados e longos, mas a instruções práticas e objetivas, que são de grande eficiência. O volume de pessoas atendidas e de espíritos beneficiados é grande, mas vai diminuindo na proporção em que o tempo do trabalho se esgota. 

São encerradas com uma prece de agradecimento, às vezes precedidas de breves explicações sobre os casos mais difíceis, já então num ambiente de absoluta tranqüilidade.

.

(Texto do livro O Espírito e o Tempo – IV Parte – Pesquisa Científica da Mediunidade – Item 03) 

.

.

cesp2

* AS IMAGENS E VÍDEOS SÃO ESCOLHA E
RESPONSABILIDADE DE BRUNO TAVARES

.

brunooyellowMeus queridos amigos e irmãos, eis aqui este texto antológico do querido Prof. José Herculano Pires, aquele que na definição do Espírito Emmanuel foi “O Metro que Melhor Mediu Kardec”. O extraordinário “Zelador do Espiritismo”, como era chamado, expõe como deve ser uma reunião de doutrinação dos espíritos, sem misticismo algum nem fórmulas sacramentais, apenas lançando mão da urbanidade e do bom senso kardequiano. Herculano, como sempre é do seu feitio de gênio, fecha, resolve, soluciona as questões doutrinárias de importância vital para o nosso movimento.

Com este texto homenageamos ao trabalho sério, belíssimo e inspirador, realizado pela Casa dos Humildes em decênios de atividade profícua, com muito denodo, devotamento e abnegação de todo o seu Departamento Mediúnico. representado aqui pelo seu querido dirigente Amaro Carvalho (na foto com o Prof. Herculano). Um trabalho que, segundo a análise sibilina do apóstolo de Kardec neste texto, está muito bem encaixado, direcionado e executado.

Que Jesus abençoe o Prof. Herculano Pires e a Casa dos Humildes, uma casa sob inspiração Herculaniana, que segue e leva a sério Jesus e Kardec! 

Que Jesus abençoe a todos nós!

Bruno Tavares

amarocara1 Parabéns Bruno, pela excelente matéria sobre o trabalho da nossa querida Casa dos Humildes, nos deixando felizes por estarmos sempre lutando pela qualidade no trato com o mundo espiritual e o respeito por aqueles que nos ajudam a direcionar as atividades nessa humilde casa, com a ajuda do nosso querido Bezerra de Menezes, sua equipe e autorização de Deus e Jesus.

Que Deus continue lhe ajudando a fortalecer a nossa casa e o movimento espírita.

Fique com Deus!

Amaro Carvalho

.

.

UMA MANHÃ MUITO ESPECIAL

.

.

meninaindigocartaz

 

 .
.

 chverdec1

.

QUADRO DO PINTOR PERNAMBUCANO
ANTÔNIO CARLOS CASTANHA TAUA GOMES

bfcblog1

.

Francisco e Clarinha de Assis

Patronos deste Blog

.

fcc

.

.

cqchcc