.

.

marcomilani6

“Ser coerente passou a ser um dever consciente.”

.

A frase acima pertence ao nosso entrevistado hoje, o irmão  Marco Antonio Figueiredo Milani Filho, mais conhecido como Marco Milani (foto).

Nascido em São Paulo e atualmente residindo em Holambra, no interior do estado, Milani é espírita desde 1988. Um economista e professor universitário, está ligado à USE – União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, como Presidente da USE Regional Campinas.

Nesta entrevista, ele fala sobre o tema da coerência doutrinal.

.

MARCOMILANI

.

Como localizar corretamente a expressão “coerência doutrinal” para o pensamento espírita e seu movimento?

De origem latina, a palavra coerência significa conexão ou coesão. Em geral, implica o nexo e a uniformidade de um conjunto de ideias. Alguém que seja coerente se expresse de maneira lógica, capaz de permitir aos seus interlocutores uma compreensão clara e sem contradições sobre seu discurso ou suas atitudes. Portanto, os adeptos de qualquer doutrina devem expressar consistentemente os princípios e valores do sistema que abraçam. Isso acontece no espiritismo. O espiritista compreende, respeita e exemplifica a Doutrina dos Espíritos, devidamente apresentada nas obras de Allan Kardec.

.

Quando somos realmente coerentes com a Codificação Espírita?

Claro, você não pode esperar que todos os seguidores têm o mesmo grau de maturidade, compreensão e experiência dos princípios doutrinários, mas a consistência é caracterizada pela exemplificação de princípios e valores espíritas na vida deste adepto, de acordo com a seu grau de compreensão. Entretanto, entre aqueles que assumem responsabilidades gerenciais nas instituições espíritas, espera-se que, minimamente, possam orientar e esclarecer os assistentes e colaboradores com maior segurança e base conceitual.

.

MARCOMILANI1

.

Cite algumas inconsistências que colidem com o genuíno pensamento espírita.

Qualquer prática ou conceito que colida com os ensinamentos dos espíritos, que passaram pelo crivo da universalidade e foram apresentados por Allan Kardec, pode ser considerada incoerente. Os exemplos incluem: Cromoterapia, apometria, atividades ritualizadas na casa espírita, a idolatria dos médiuns e oradores, o desprezo da ciência como um passo necessário para o avanço do conhecimento espírita e postura de igreja que encoraja elemento de fé cega, entre outros.

.

Onde está o ponto fundamental da coerência doutrinal?

O estudo constante das obras de Allan Kardec para adotá-los como uma “pedra de toque”, como o inesquecível Herculano Pires disse. Isso de forma alguma significa rigidez ou impedimento para o desenvolvimento do conhecimento, mas um elemento essencial para saber a condição do corpo teórico Espiritismo e legitimar qualquer reflexão sobre seus princípios.

.

HERCULANOCOERENCIADOUTRINAL

.

Na literatura espírita, especificamente, como podemos identificar esse parâmetro para que não nos deixemos enganar?

Sem consistência da base doutrinária, o referente que o leitor tem para separar o joio da boa semente torna-se frágil. Da mesma forma que afirmou o Espírito da verdade, em sua mensagem contida no capítulo 6 do livro  O Evangelho Segundo o Espiritismo, devemos refletir sobre todas as coisas que são reveladas ou apresentadas a fim de não misturar utopias ou fantasias com verdades. Podemos ler tudo, mas é necessário ter parâmetros comparativos doutrinários seguros que somente o estudo das obras de Kardec nos fornecerá.

.

Na prática rotineira das instituições espíritas, quando nos confrontamos com essa coerência?

Quando os líderes e todos os espíritos sinceros seguem o dever de repudiar e abertamente negam os abusos que possam comprometer o Espiritismo. Como Kardec afirmou na  Revista Espírita de junho de 1865, fazer um pacto com esses abusos seria tornar-se cúmplice e fornecer armas aos nossos adversários. Assumindo que está a inovar ou desenvolver as atividades das práticas espíritas com a introdução de novos conceitos sem base doutrinal adequada, o líder corre o risco de distorcer e deturpar os ensinamentos dos Espíritos e confundir e desorientar os frequentadores.

.

MARCOMILANI2

.

De seus estudos sobre este assunto, o que chama sua atenção?

Estudar Kardec exige disciplina e maturidade. Não é necessário ter diploma universitário, basta ter boa vontade e qualquer um pode fazê-lo. Quem assim procede, valoriza a oportunidade que temos nesta encarnação para melhorar nosso conhecimento e adotar referências seguras para o progresso moral e intelectual do ser. Conforto e brilho de alguns seguidores para ignorar o estudo sério e persistente das obras fundamentais de Allan Kardec para abraçar idéias fantasiosas são desafios a ser enfrentados no movimento espírita, mas faz parte desse mesmo processo de melhoria, porque todo mundo tem seu ritmo.

.

Como cidadãos espíritas,  estudiosos e frequentadores espíritas, que parâmetro devemos usar para sermos coerentes com o Espiritismo? 

Devemos nos comprometer com o estudo sério e constante de princípios e valores doutrinários, exemplificando-os nas relações cotidianas da família, com os amigos, no ambiente profissional e nas relações sociais em geral.

.

MARCOMILANI3

.

Nos fundamentos da Doutrina Espírita, existe um item específico que pode orientar nossas observações e estudos nessa direção?

Sim, fé racional. Passamos por muitas encarnações subjugadas por doutrinas e filosofias tributárias, orientadas a formatar o indivíduo e que violavam consciências. O espiritismo é uma doutrina de emancipação, que vem no momento em que a humanidade já tinha maturidade para quebrar os hábitos e costumes coercitivos e libertar o indivíduo das amarras da ignorância sobre a realidade em que vive. Ao assumir a responsabilidade pelo seu destino, as conseqüências serão proporcionais a essa nova situação. Ser coerente passou a ser um dever consciente.

.

Qualquer outra coisa que você gostaria de adicionar?

Atualmente, a tecnologia permite novas e intensas interações sociais na rede, favorecendo a disseminação mais intensa de informações e conhecimentos. O conteúdo espírita e espiritualista, em geral, é tratado de diferentes maneiras nesse processo. Quanto mais presente o conhecimento doutrinário, mais facilmente podemos ser coerentes em nossas comunicações nesses novos ambientes virtuais e influenciar positivamente aqueles que estão conectados. Da mesma forma, quanto menos sabemos sobre Kardec, maiores são as possibilidades de emitir opiniões incorretas e infundadas sobre o assunto, assumindo a responsabilidade pelas distorções que provocamos. Vamos ser coerentes!

.

MARCOMILANI8

.

Suas palavras finais.

Ser consistente, não significa que não é possível dialogar ou concordar com as “bebidas espirituosas”, mas a doutrina espírita foi estruturada com uma consistência interna inegável e universalidade dos ensinamentos dos espíritos legitimamente metodológico.

Por conseguinte, não é suficiente abraçar idéias antagônicas sem evidência ou validação por diferentes fontes para substituir aquelas que já existem na Codificação e pensar que a interpretação da realidade está sendo revolucionada. A coerência doutrinal é, principalmente, um compromisso com a verdade baseada na razão e nos fatos.

.

ORSONBRASAOB

.

brunooyellowMeus queridos amigos e irmãos, eis aqui esta entrevista feita pelo querido amigo, lá da cidade de Matão-SP, o escritor e orador espírita Orson Peter Carrara, com o economista espírita Marco Milani, sobre o tema sempre atualíssimo da coerência doutrinária, algo que em caráter de urgência dever ser levado em alta conta por todas as casas espíritas e pelo nosso movimento em geral. Realmente uma entrevista de caráter indispensável!

Que Jesus abençoe ao querido Orson Peter, por nos brindar sempre com esses conteúdos importantíssimos e ao querido Marco Milani, pelo alerta grave nessa hora de tanto esquecimento para com com a coisa doutrinária! 

Que Jesus abençoe a todos nós!

Bruno Tavares

.

 

.

DEPOIMENTO DE ORSON PETER AO NOSSO BLOG

OPCAR2

.

THPD2

AS IMAGENS E VÍDEOS SÃO ESCOLHA
E RESPONSABILIDADE DE BRUNO TAVARES

.

INSTABLOGCOERENCIADOUTRINAL

 

 .
.

chverdec1

.

QUADRO DO PINTOR PERNAMBUCANO
ANTÔNIO CARLOS CASTANHA TAUA GOMES

bfcblog1

.

Francisco e Clarinha de Assis

Patronos deste Blog

.

fcc

.

.

cqchcc