.

.

iceberhumano

.

Certa vez ouvi numa palestra que somos como ‘icebergs’ e apesar de toda explanação lógica feita pelo palestrante sobre sua afirmativa, só agora, muito tempo depois, vivenciando experiências que não são novas pra mim, mas me facultando enxergar um pouco melhor minha intimidade, que encontro-me em condições de concordar plenamente com tal comparação.

Em nossas múltiplas existências no corpo físico, muito adquirimos de vícios e de algumas, ainda que poucas, conquistas. Essas características que absorvemos ao longo do tempo, vão- se unindo a outras características já existentes, formando uma espécie de banco de dados.

A cada experiência no mundo das formas, em busca do autoconhecimento que favoreça um aprimoramento, temos incontáveis oportunidades transformadoras. Podemos perceber, se sinceramente quisermos, nossas tendências diante de determinadas circunstâncias e assim podemos avaliar o tanto de esforço precisamos desempenhar para nos sentirmos melhores.

.

REENCS1

.

Somos realmente como ‘icebergs’ ao sabor das marés, pois aquilo que conhecemos de nós é tão pouco, todo acesso que conseguimos ter de nossas características e consequente personalidade é mínimo, diante do que somos.

O que está disponível à nossa limitada percepção é aquela minúscula parte que permanece visível, fora d’água. E essa pequena parte já é suficiente para nos exigir muito esforço e perseverança no sentido de melhorar o que necessita de reparo urgente para nosso progresso moral.

Essa certeza nos alerta para o muito que ainda temos a trabalhar e progredir. A maior parte de nós permanece submersa, pela misericórdia divina, aguardando o momento certo, em que mais maduros, esclarecidos e determinados, tenhamos condições para enfrentar nossas fraquezas e vencê-las, transformando-nos nos seres verdadeiramente conscientes de seu papel ante a vida.

.

IDALICEBLOG

.

brunooyellowMeus queridos amigos e irmãos, eis aqui um belíssimo artigo da lavra da minha querida e estimada amiga Ida Lice, essa pessoa detentora de uma empatia e de um carisma singular, tanto em suas atividades espíritas, quanto pessoalmente, na convivência com seus amigos.

Ida com muita sensibilidade aborda, de forma simples e agradabilíssima, a velha questão do inconsciente, tão fascinante quão intrigante, mas que à luz da reencarnação e da pluralidade das existências torna-se compreensível em sua Profilaxia Divina, tornando para o consciente somente o suportável para hoje (a ponta do iceberg), guardando nas nossas profundezas o material que um dia há de emergir, quando estivermos mais maduros e evoluídos.

Que Jesus abençoe a ti querida Ida, por nos proporcionar um pouco do teu talento imenso para escrever sobre os sentimentos humanos e receba como boa canceriana, o signo do sentimento por excelência, os nossos parabéns pela teu níver, ocorrido agora nesses dias. Que Deus te ilumine sempre!

Que Jesus abençoe a todos nós!

Bruno Tavares

.

 

.

iceberg

AS IMAGENS E VÍDEOS SÃO ESCOLHA
E RESPONSABILIDADE DE BRUNO TAVARES

.

INSTABLOGICEBERG

.

btotempo

 .
.

 chverdec1

.

QUADRO DO PINTOR PERNAMBUCANO
ANTÔNIO CARLOS CASTANHA TAUA GOMES

bfcblog1

.

Francisco e Clarinha de Assis

Patronos deste Blog

.

fcc

.

.

cqchcc