.

 .

BBTPS

.

Muito se tem pesquisado sobre o efeito da religiosidade na saúde humana, principalmente nas áreas de cuidados paliativos em pacientes terminais, sejam portadores de câncer ou doenças degenerativas. As pesquisas ainda são escassas e as metodologias utilizadas estão procurando definições. No entanto, essa procura por um “Ser Superior”, “Força Maior”, ou qualquer denominação que nós, humanos, quando na encurralada da vida, procuramos nomes para definir “Deus”, se faz por meio da Prece.

A Prece, segundo Kardec, é a invocação, mediante a qual o homem entra, pelo pensamento, em comunicação com o ser a quem se dirige, podendo ser algum espírito ou Deus, manifesta reações orgânicas que justificam sua atuação benéfica no organismo.

Esses mecanismos vêm sendo paulatinamente descobertos por meio da ciência, a qual cada vez mais confirma as tão provocativas verdades religiosas.

.

NEWBERG

.

Um dos maiores pesquisadores da área é o neurocientista americano Andrew Newberg, mestre da Universidade da Pensilvânia na Filadélfia. Esse cientista vem elucidando por meios de imagenologia cerebral as reações da prece e religiosidade no ser humano, independentemente da religião professada pelo indivíduo. Nesses estudos ele observa a ativação de várias áreas cerebrais, principalmente do córtex frontal, área relacionada ao raciocínio e capacidade de discernimento e aspirações humanas, o “terceiro andar” do nosso cérebro, como bem explica o espírito André Luiz.

As ações vão desde equilíbrio de neurotransmissores responsáveis por várias atividades cognitivas, como também ativação de várias regiões para controle do equilíbrio, sensação de quietude, relaxamento e diminuição de hormônios do estresse, e ação direta nos metabolismos dos açúcares e gorduras. Essas ações têm efeito benéfico em doenças como câncer, hipertensão, diabetes, obesidade, depressão e qualidade do sono. Os mecanismos são complexos, mas estamos aprendendo a compreendê-los. Por outro lado, esses estudos também contemplam pessoas sabidamente rancorosas, pesarosas, negativas e desequilibradas emocionalmente, que adoecem com mais facilidade. Nessas pessoas, as mesmas áreas do córtex estudadas, são hipoativas. Comprovando, mais uma vez, o efeito da Prece.

Felicitamo-nos em trazer elucidações científicas que corroboram nossos estudos espíritas, as verdades espirituais, transmutadas na ciência, que vão elevando o homem a uma compreensão melhor de Deus e do seu próximo.

.

MEDOR

.

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.
Filipenses 4:6-7”

.

GCCHOQUE

.

brunooyellowMeus queridos amigos e irmãos, eis aqui mais um excelente artigo do meu querido amigo Dr. Guttemberg Cruz, médium trabalhador da nossa querida Casa dos Humildes, de Recife-PE.

Dr. Guttemberg, com seu conhecimento e cátedra, unidos à sua fé espírita, aborda a importância da prece para a manutenção da saúde humana na Terra, novo paradigma da aliança entre ciência e espiritualidade.

Que Jesus abençoe a todos que lutam por uma saúde holística para toda a humanidade!

Bruno Tavares

.
.
.
.
 
GCPERN1
AS IMAGENS E VÍDEOS SÃO ESCOLHA E
RESPONSABILIDADE DE BRUNO TAVARES

.

 .
btdr
.

 chverdec1

.

QUADRO DO PINTOR PERNAMBUCANO 

ANTÔNIO CARLOS CASTANHA TAUA GOMES

bfcblog1

.

Francisco e Clarinha de Assis

Patronos deste Blog

.

fcc

.

.

cqchcc1

.

.